IT Forum 365
CIO brasileiro é menos responsável por evolução digital do que pares globais

CIO brasileiro é menos responsável por evolução digital do que pares globais

CIOs brasileiros se veem menos responsáveis pelas transformações digitais em suas empresas do que pares do mundo e, inclusive, da América Latina. É o que revela pesquisa “Global Perspectives on Flipping to Digital Leadership: The 2015 CIO Agenda” (“Perspectivas Globais na Virada para a Liderança Digital: a Agenda 2015 do CIO”, em tradução livre), produzida pela consultoria internacional Gartner.

Conforme o levantamento, a proporção dos líderes que se sentem com esse papel é de 39% no Brasil, contra 47% da média global e 45% das respostas entre colegas latino-americanos. Atrás do Brasil estão China e Japão, ambos com 33%, e países ibéricos, com 38% das respostas.

Os CIOs que mais se sentem participativos no processo de transformação para o ambiente digital estão na Alemanha (58%), seguidos pelos norte-americanos (54%) e o grupo de australianos e neozeolandeses (52%).

Investimento de tempo

O Gartner pontua ainda que uma medida de liderança e influência na empresa é a quantidade de empenho do CIO com executivos seniores em comparação com o tempo dedicado à rotina da área.

Em 2015, CIOs mais estratégicos vão gastar menos de 40% do seu dia com a rotina de TI, dando preferência a investir 27% de seu tempo com outros C-levels, 18% com líderes de unidades de negócio e 16% com clientes externos.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.