IT Forum 365
Amadurecimento do mercado exige cautela

Amadurecimento do mercado exige cautela

Apenas 30% dos processos de transformação digital são bem sucedidos. Isso é o que aponta uma pesquisa do Gartner, que prevê que, até 2017, 70% dos modelos de negócios digitais de sucesso dependerão de processos deliberadamente projetados de maneira instável, ou seja, maleáveis para mudar de acordo com as necessidades dos clientes. Nesse especial de duas partes, discutiremos as transformações digitais levando em conta o mercado brasileiro.
Maurício Pimentel, diretor acadêmico da BandTec, faculdade de tecnologia do Colégio Bandeirantes, explica que ainda falta amadurecimento não apenas para o desenvolvimento de projetos digitais, mas também para medir o resultado desses projetos. “Muitas vezes a transformação digital pode estar bem encaminhada, mas não sabemos se o cliente também tem essa percepção, pois ele não está preparado para medir o resultado”, explica.
Pimentel diz que não basta ser uma transformação digital do ambiente, mas deve também ser da consciência, e que é preciso ter cautela na hora de prometer mais do que se pode entregar. Segundo o Gartner, até 2017, a insuficiente maturidade da gestão de processos de negócios impedirá 80% das organizações de alcançar os resultados desejados a partir de suas estratégias de digitais.
O diretor da BandTec ressalta que essas questões podem se agravar em um cenário global que já é mais especializado, mas que, no Brasil, é preciso entender quais são as demandas dos projetos e se adaptar conforme o cliente se torna mais maduro em seus feedbacks. “O ideal é traçar uma estratégia para definir o que é possível concluir dentro das necessidades do cliente, levando em consideração orçamento, mão de obra, e educando o próprio cliente a usar o que foi construído, para assim ter um bom feedback do resultado final”.
A tecnologia para desenvolver os projetos existe, ou seja, não falta infraestrutura, mas um fator importante é que o gestor saiba como dar seus passos na velocidade possível, sem prometer demais ou querer ir além do que está em sua alçada, e mapeando os resultados para poder se adaptar às demandas do próximo projeto.
Na segunda parte do especial, veremos quais habilidades o gestor de projetos deve ter para que as transformações digitais deem certo.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.