IT Forum 365
As 5 lições de gestão do fenômeno Pokémon Go

As 5 lições de gestão do fenômeno Pokémon Go

A todo momento se ouve algo sobre o jogo Pokémon Go. De acordo com pesquisas, nove entre dez adultos já ouviram falar do jogo e quatro entre dez jovens da Geração Y (Millenials) se consideram viciados.

Baixe o whitepaper 10 áreas-chave para extrair o melhor do Operations Analytics e saiba como se beneficiar da tecnologia

O aplicativo de realidade aumentada com base em geolocalização conquistou não apenas os corações e mentes das pessoas em todo o mundo, mas também transformou a Niantic, empresa de desenvolvimento de software que o criou, em um sucesso de US$ 3,65 bilhões, sendo considerada uma companhia unicórnio – única no ramo e capaz de mudar o mercado em que está. Segundo estimativas, o aplicativo atingiu a marca de 7,5 milhões de usuários nos Estados Unidos já na primeira semana após seu lançamento, em 6 de julho deste ano, e já gera mais de US$ 1,6 milhão de receita diária apenas no iOS, sem contar os outros sistemas operacionais móveis.

Mas o que a Niantic pode nos ensinar? Seja você fã ou não de Pokémon Go, há algumas lições de gestão importantes para qualquer executivo.

1. Reinvente velhas ideias
Pokémon não é novo; está por ai desde a década de 1990. O que Niantic fez (e muito bem) foi se envolver com uma base de fãs existente da Geração Y, que cresceu jogando Pokémon, para entusiasmá-los novamente com a oferta de uma reviravolta no jogo. Às vezes, velhas ideias, produtos e serviços só precisam ser atualizados para o contexto atual para se tornarem relevantes e decolarem novamente.

Quais soluções você tem em seu “depósito” que podem ser repaginadas?

2. Use tecnologias para criar algo novo
Aplicativos de jogos móveis não são coisas novas. A App Store, por exemplo, oferece mais de 631 mil deles. Por que, então, Pokémon Go está sendo uma nova estrela? Parte disso, sem dúvida, é o fato de ser o primeiro a juntar a tecnologia de app móveis que já existem com a de realidade aumentada para criar algo completamente novo.

Dentro de seu negócio, tente identificar quais são oportunidades para aprimorar uma tecnologia existente, dando-lhe novas funções ou características.

3. Ofereça benefícios inesperados
Não é surpresa que as crianças adoram Pokémon Go. Mas o que leva os pais a ficarem felizes ao verem seus filhos jogar é que, diferentemente de outras opções, eles precisam sair de casa para brincar e, assim, fazem alguns exercícios. Benefícios como este, inesperados, favorecem muito a adoção de um serviço ou produto.

Vale a pena pensar em quais seriam as vantagens extras de uma iniciativa para, então,  promovê-las.

4. Considere os riscos
Qualquer novo empreendimento tem riscos: é preciso conhecê-los para tentar minimizá-los, com ações de segurança e proteção tanto para a sua organização, quanto para os consumidores. Muitos usuários, por exemplo, demonstraram preocupação sobre o jogo ter acesso total aos seus dados em contas do Google, e várias notícias vieram à tona sobre os eventuais riscos de segurança, incluindo acidentes, encontros com animais selvagens e crimes ligados apenas ao ato de jogar.

Estar preparado para os riscos que podem surgir em novos negócios e ser flexível o suficiente para lidar com eles é essencial para o sucesso.

5. Melhore sempre
O Pokémon Go de hoje é muito diferente da versão original, lançada em julho. Desde seu lançamento, a Niantic trabalha continuamente para corrigir eventuais falhas, fazer atualizações e tentar melhorar a experiência. Assim, a empresa tem sido capaz de garantir a satisfação do usuário, fazendo com que o jogo prolifere ainda mais.

O que a Niantic tem feito pode parecer simples e muito direto, mas o processo de atualizar grandes ideias quase sempre é. O difícil é aplicar esse conceito em sua situação.

Saiba mais:
Inteligência Artificial #1: os 4 pilares para montar uma estratégia
Inteligência artificial é nova preocupação em segurança
Transformação digital: 9 etapas para a autodisrupção

Imagem: Pixabay

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.