IT Forum 365
Planejamento de carreira: mais segurança em tempos de crise

DevOps: 3 passos cruciais para adoção

Incentivar a colaboração e treinar a equipe são dois deles; conceito reduz  falhas e permite 29% a mais de tempo para o desenvolvimento de projetos e atividades

O caminho rumo à transformação digital demanda inovação, velocidade e agilidade – pilares que o modelo antigo e não integrado de negócios, que separa as áreas de desenvolvimento, operações de TI e controle de qualidade, não sustenta. É exatamente aí que entra a importância do DevOps, conceito que engloba um conjunto de práticas, ferramentas e interações entre pessoas para aumentar colaboração, comunicação e integração entre Desenvolvimento (Devs) e Operações de TI (Ops). O objetivo é combater a individualidade e a independência entre os desenvolvedores durante o processo de trabalho.

Segundo o estudo State of DevOps Report, feito pela Puppet com mais de 20 mil profissionais de tecnologia no mundo, as organizações que efetivamente adotam DevOps gastam 22% menos tempo em trabalhos não planejados e retrabalhos e são capazes de usar 29% a mais do tempo no desenvolvimento de projetos e atividades. Além disso, a pesquisa aponta que essas empresas implantam software 30 vezes mais frequentemente e em prazos 200 vezes mais curtos do que aquelas que ainda não adotaram a metodologia, e têm 60 vezes menos falhas e recuperam as existentes 168 vezes mais rápido.

“O DevOps muda a forma de pensar e gerir mobilidade, com a possibilidade de corrigir erros rapidamente, com a acesso rápido e seguro a qualquer lugar e hora. Tudo para oferecer mais qualidade ao usuário final – seja ele interno ou externo”, explica o consultor Cezar Taurion, sócio e head de transformação digital da Kick Venture. Segundo ele, o grande desafio para as empresas é ser tão ágil quanto a inovação. “E não falo apenas da TI, mas de toda a companhia”, completa. Veja, a seguir, o que é preciso para implementá-lo:

  1. Reforçar a colaboração

O primeiro passo é incentivar a comunicação aberta e transparente. Uma empresa hierárquica, com chefias que só mandam e não debatem, terá dificuldades em atender ao modelo. “Se o foco das discussões for conduzido por ego, poder e posição hierárquica, o DevOps não vai para frente”, explica Taurion. Feito isso, é importante reforçar a responsabilidade. A equipe deve ser incentivada a atuar com o mesmo propósito, sendo todos responsáveis pelos erros e acertos. O trabalho passa a ser em equipe, colaborativo.

  1. Realizar um levantamento de tecnologias

O recomendado é checar se há ferramentas suficientes para automatizar os processos e fazer as mudanças culturais e organizacionais, lidando com as inevitáveis barreiras psicológicas, como reação contrária à mudança ou descrença. As tecnologias necessárias dependem do porte da companhia e é importante contar com um parceiro de confiança para defini-las, mas é essencial lembrar que DevOps é uma evolução nas práticas de gestão do ciclo de vida dos sistemas ou Application Development LifeCycle Management (ADLM). Instrumentação tecnológica para automação do ciclo de vida, como controle de versões e deployment automático de código, são importantes.

  1. Treinar a equipe

O CIO deve repassar ao time toda a tecnologia usada e as técnicas de procedimento. “Mostre as vantagens do conceito e exemplifique com casos de empresas já bem-sucedidas com o uso do DevOps”, diz Taurion. A ideia é criar um processo colaborativo entre dois setores estanques, para que eles atuem em harmonia, criando uma prática de entrega contínua de software. “Não existe mais a barreira do desenvolvimento parar o processo, criar um protocolo de solicitação ao grupo de operações e aguardar que este setor responda. As duas áreas atuando em conjunto fazem com que o processo seja contínuo, ou seja, sai-se do código para a nuvem de produção, sem interrupções”, completa.

Esta é a primeira matéria sobre DevOps. Na próxima saiba como conscientizar a equipe sobre a importância do conceito.


Saiba mais:
Colaboração: aspectos cruciais para escolher a plataforma ideal
CIO, você está preparado para a onda de IoT?
Na contramão do mercado, 50% dos CIOs pretendem ampliar a equipe

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.