IT Forum 365
Já ouviu falar em IT4IT? Entenda como se aplica à gestão de TI

Já ouviu falar em IT4IT? Entenda como se aplica à gestão de TI

IT4IT é uma nova arquitetura de referência desenvolvida pelo Open Group para negócios em TI e formalmente lançada em outubro de 2015. A metodologia olha para a gestão de tecnologia da informação de forma holística, em vez de abordar silos de processo, consideramos toda a cadeia de valor de TI e suas quatro atividades principais (planejar, construir, entregar e executar).

Como, então, abraçaremos uma nova arquitetura de referência? Os líderes de TI não devem ponderar sobre novas arquiteturas de referência. Eles devem, sim, resolver os verdadeiros desafios. E IT4IT é ótima para isso. Veja a seguir o gráfico, em inglês.

Em primeiro lugar, é preciso compreender o estado atual. Quando me encontro com clientes interessados ??em IT4IT, peço para explicarem o que precisam entregar e o que desejam conquistar. Trata-se de uma organização varejista de serviços em nuvem ou uma prestadora de serviços internos de TI? Possui TI híbrida ou bimodal? Alguns tentam com dificuldade articular uma resposta. Outros apenas dizem: “todas as opções acima”. Minha resposta é uma nova pergunta: “então, por que você está adotando a IT4IT?”.

Você não sabe se a IT4IT vai ajudá-lo até que tenha articulado os resultados que deseja e os problemas que enfrenta.

Se a cada vez que uma empresa solicita um serviço por meio do seu catálogo ou portal encontra muita dificuldade, pode-se erroneamente concluir que o problema está no catálogo (e não me refiro apenas à solicitação em si, porque o provisionamento também faz parte do processo  completo). Porém tudo poderia funcionar bem no processamento de solicitações! E poderia ser de fato o provisionamento, que apoia a entrega da encomenda, o elemento defeituoso. Ou, ainda, o não haver integração das diversas ferramentas que estão sendo usadas para fornecer o serviço.

Observando esse problema por meio da lente de fluxos de valor do IT4IT, o diagnóstico é  “Solicitação a Cumprir”, e existe um framework para abordar o desafio. (Para saber mais sobre IT4IT e corretagem de serviço, baixe este ebook em inglês).

Pensando no exemplo acima, vamos subir um nível: se o cliente disse que estava tendo problemas com o serviço de solicitações por meio de seu provedor de serviços de nuvem isso, de novo, poderia ser um problema do tipo “Solicitação a Cumprir”. O uso de uma abordagem IT4IT também nos faria pensar mais sobre a cadeia de valor de prestadores de serviços em cloud. E, neste caso, poderia ser um problema de tecnologia o causador da dificuldade ou algo como uma questão contratual na qual a responsabilidade não foi claramente definida.

Assim, a mesma arquitetura e fluxos de valor são úteis nesse caso, embora em contextos diferentes.

IT4IT se aplica a todos

Os fluxos de valor inerentes ao IT4IT se aplicam a qualquer organização de TI, mas todas precisam planejar, construir, entregar e executar os serviços. E mesmo que você esteja fazendo dessa forma, existem necessidades e dependências comuns. 

  • Se você é um provedor de serviços de TI clássico, garanto que os problemas dentro do processo de “Detectar para Corrigir” estão atrapalhando. A TI clássica constantemente luta com o processo de “Detectar para Corrigir”, e é por isso que o padrão ITIL existe faz tanto tempo. Este fluxo de valor é um excelente ponto de partida para a aplicação do IT4IT (sim, estou sendo ousado aqui… mas eu garanto). Já passei por diversas organizações que me disseram que o processo de “Detectar para Corrigir” funciona há anos, mas logo observo por meio da arquitetura e dos fluxos de valor que algo está faltando e descubro áreas onde podem ser feitas melhorias significativas.

  • Se utilizamos vários prestadores de serviços em nuvem, “Solicitação a Cumprir” sempre se torna um desafio (como no exemplo anterior), e pode ser o primeiro lugar para trazer conceitos de  IT4IT.

Claro, uma organização terá de enfrentar vários desafios, e bimodais ou híbridas, empresas podem ter qualquer um ou todos os desafios. Em todos os casos, você deve fazer uma triagem da situação individual e começar na esfera na qual a ajuda é mais necessária.


Comece aplicando IT4IT onde estão as dificuldades

Não se trata de “se precisamos ou não do IT4IT”. Temos de resolver os problemas que estão atrasando o TI, degradando a qualidade dos serviços e nos impedindo de oferecer o valor total aos negócios. Quando você ou sua empresa sentir dificuldades vindas de TI, algo em sua cadeia de valor não está funcionando adequadamente, a arquitetura IT4IT ajuda na identificação e correção.
É muito mais fácil se adotarmos plenamente a IT4IT e a aplicarmos a toda organização de TI? Sim, mas isso não tem que ser o seu compromisso imediato.

Saiba mais:

Transformação digital: 9 etapas para a autodisrupção
Como o CIO deve se preparar para a Infraestrutura Combinável
Dark data: risco e alto custo para as empresas

Imagem: Pixa Bay

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.