IT Forum 365
Celulares pré-pagos incluirão classes C

Celulares pré-pagos incluirão classes C,D,E nos serviços financeiros

Os celulares pré-pagos, que correspondem a 80% do mercado no Brasil, deverão ser os grandes impulsionadores dos pagamentos via dispositivos móveis. Usualmente nas mãos das classes C,D e E, que não costumam ter acesso a serviços financeiros, estes cerca de 212 milhões de aparelhos serão os meios de acesso para operações como compras de passagens, recebimento de dinheiro para pagamentos de contas e realização de transferências para terceiros.
Os celulares também poderão ser vinculados a cartões de crédito para pagamentos em lojas e restaurantes, e serem usados como vales alimentação e refeição. As possibilidades são amplas e este modelo de pagamento deve atrair outros players da área de serviços, além das operadoras telefônicas.
As operações são regulamentadas pelas resoluções 4.282 e 4.283 do Banco Central, publicadas em 4 de Novembro de 2013, que tratam da “regulamentação, vigilância e supervisão das instituições e arranjos de pagamento” e da “prevenção de riscos na contratação de operações e na prestação de serviços por parte de instituições financeiras e demais instituições autorizadas”.
Estas regulamentações determinam as fronteiras para a confiabilidade, transparência e a adequação dos produtos e serviços às necessidades, perfil e interesses do cliente, e deverão demandar investimentos em infraestrutura, tecnologia de processamento e segurança para todas as novas transferências financeiras que passarão a ser feitas pelo celular. Além das áreas de TI e Telecom e do comércio, a expectativa é de aceleração no ambiente de negócios como um todo.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.