IT Forum 365
traffic on a highway by night

Ciab 2017: com transformação digital, seguros de carros ganham IoT

Unindo Internet das Coisas e analytics, sistema coleta informações individualizadas dos usuários, criando um esquema de precificação adequando ao tipo de uso

A transformação digital impacta empresas de diversos setores. Em todos os casos, o objetivo é o mesmo: revolucionar modelos de negócios, personalizar as experiências dos clientes e proporcionar inovação para ganhar competitividade.

No setor de seguros não é  diferente: o uso de tecnologias está revolucionando a maneira como os serviços são entregues. Segundo a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2017, produzido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o setor de seguros é o oitavo na lista dos que mais investe em tecnologia no Brasil: 5% de todos os US$ 42,9 bilhões despendidos para esse fim em 2016 vieram de instituições do setor. Em termos proporcionais, ainda há espaço para crescer, já que a média mundial é de 7% dos US$ 2,7 trilhões do mesmo período.  

Parte desse investimento em tecnologia é visto com a disponibilização de novos produtos e serviços, direcionados ao público final, com forte apelo tecnológico. Soluções inteligentes – como a Internet das Coisas (IoT) e analytics – conduzem seguradoras para a transformação digital, melhorando a coleta de dados de acidentes de automóveis ao mesmo tempo em que eliminam as tentativas de fraude e melhoram a experiência do consumidor.

Uma dessas novas soluções são seguros de carro sob o conceito Usage-Based Insurance (UBI), ou seguros baseados no uso. Trata-se de um modelo diferenciado de cobrança de seguros, baseado no uso do veículo – em vez de cobrar enquanto o usuário dirige, cobra o quanto ele dirige. Com informações sobre o carro transmitidas automaticamente para o sistema da empresa via IoT e monitoradas por soluções analíticas, a seguradora pode traçar os perfis dos clientes e estabelecer os preços de acordo com os riscos de cada um.

Além disso, permite que a seguradora fique ciente, em tempo real, do funcionamento anormal do veículo, acione os clientes via aplicativos de mensagens e agilize os processos em caso de problemas. Com o monitoramento dos dados coletados automaticamente, ainda evita possíveis fraudes de informações apresentadas na solicitação da apólice.

DXC no Congresso Ciab Febraban 2017
Nesse contexto, a DXC desenvolveu a Digital Claim UBI, solução inédita no Brasil. Já usada em outros países, a ferramenta agiliza o mercado de seguros e garante uma experiência personalizada aos consumidores. O resultado é a redução de custos e clientes satisfeitos – que tendem a permanecer  mais tempo com a seguradora.

A DXC apresenta a solução durante o congresso Ciab Febraban 2017. Organizado pela Comissão de Conteúdo do CIAB, o evento reúne palestras e discussões sobre os principais desafios das áreas de tecnologia dos bancos, abordando temas sobre transformação digital, tecnologias disruptivas, experiência do cliente, novos comportamentos e oportunidades de negócios.

Data: 6 a 8 de junho.
Local: Transamérica Expocenter, São Paulo
Estande DXC: C19

Saiba mais:
Recursos Humanos: como a tecnologia revoluciona os feedbacks
CIO, você está preparado para a onda de IoT?
Na contramão do mercado, 50% dos CIOs pretendem ampliar a equipe

 

Imagem: Depositphotos

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.