IT Forum 365
CIO deve ajudar a promover planejamento a longo prazo

CIO deve ajudar a promover planejamento a longo prazo

O digital veio para ficar, e os CEOs e CIOs devem se certificar de que ele está enraizado na estratégia e no modelo do negócio, de acordo com o Gartner.

A indústria musical já passa por sua segunda onda de mudança, adotando cada vez mais o modelo de assinatura em vez da venda de canções individuais. Novas propostas de aluguel de serviço como Airbnb, para acomodação, e Uber, para transporte, atraem cada vez mais os consumidores devido a seus formatos colaborativos e preços variáveis. Esses são alguns exemplos de negócios que promoveram transformações profundas e devem ser observados com atenção, cita a pesquisa 2015 de CEOs e Executivos Seniores elaborada pela consultoria.

Raymundo Vasconcelos, Chief Technologist na HP, reforça que o mercado do mundo digital exige que as companhias respondam muito rapidamente a quaisquer movimentações. Ele cita como exemplo a atuação, no mercado financeiro, de novos modelos de negócio como o serviço de pagamentos PayPal e a moeda Bitcoin dentre outras mais. Essas iniciativas fazem grandes bancos repensarem suas estratégias, investindo na mobilidade como forma de se aproximar do consumidor. “O que diferencia esses concorrentes emergentes das empresas tradicionais é que eles nascem muito ágeis, focados e próximos de seu cliente”, diz.

“O uso da tecnologia móvel faz a empresa repensar o que entende sobre o cliente. Esse contato gera uma reflexão sobre o que realmente distingue e dá relevância ao produto ou serviço”, resume Vasconcelos. A pergunta da companhia passa a ser “o que o cliente quer de mim?. O que eu deveria estar fazendo por ele e não estou?” em vez de “qual é o produto que vou vender para ele?”, explica o executivo. “O papel da TI é extremamente imprescindível nesse cenário”, opina.

Pensamento a longo prazo
Para enfrentar o desafio de supervisionar essa transformação, o CIO deve ajudar a empresa a pensar a longo prazo, defende o Gartner. De acordo com a pesquisa, os líderes de tecnologia ficam em oitavo lugar no ranking de executivos que mais trabalham junto ao CEO nos planejamentos de longo prazo, sendo que CFO, CSO e presidente estão nas primeiras posições. Isso representa um desafio adicional, contemplado na primeira de três ações propostas pelo Gartner para o CIO, a fim de ajudá-lo a lidar com a transformação digital:

1) Aproximar-se dos diretores responsáveis, juntamente com o CEO, pelo planejamento de longo prazo da companhia. Esse estreitamento dos relacionamentos pode favorecer uma perspectiva mais clara das atribuições da TI para o resto da companhia;

2) Mapear, nessa visão a longo prazo, produtos e serviços digitalizados que devem ser valiosos para o negócio nos próximos cinco a dez anos. É importante falar a língua do negócio, ou seja, justificar esse mapeamento com base nas demandas da companhia e de suas iniciativas, e não somente nas do departamento de TI;

3) Decidir, de forma estratégica, quais desses itens devem ser adquiridos pela empresa e quando. Separar a lista em três fases: o que deve ser incorporado de forma urgente no presente, o que tem de ser implementado no futuro próximo e o que deve ser instalado a longo prazo.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.