IT Forum 365
home automation and internet of things: appliance, temperature settings and security camera communicating signals

Conectividade é o principal desafio para a adoção de IoT

Estudo aponta que, no setor de energia, 54% das empresas apontam questões ligadas à rede como uma ameaça para a tecnologia deslanchar; buscar parceiros externos pode ajudar

Por Chris Nerney*

A maioria das companhias acredita que suas iniciativas e planejamentos para Internet de Coisas (Internet of Things, ou IoT) serão recompensadas, como mostra pesquisa do Vanson Bourne, consultoria de tecnologia britânica. Segundo o estudo, feito com mais de mil organizações, 97% delas já estão usufruindo os benefícios com a implantação de tecnologias de IoT ou esperam usufruir nos próximos anos.

Três benefícios em especial foram mencionados: melhor capacidade de entrega de serviços (47%), mais saúde e segurança em toda a organização (46%) e aumento da produtividade da força de trabalho (45%).

A alta porcentagem de entrevistados compromissados com a IoT não é surpreendente, já que a pesquisa abordou quatro indústrias – agrícola, produção de energia, transporte e mineração – que são as principais candidatas, não apenas para o IoT, mas para analytics e outras tecnologias inteligentes capazes de otimizar recursos e eficiência, aumentar a produtividade e melhorar a segurança.

Escassez de habilidades
Também não é nenhuma surpresa que os entrevistados relatem ter desafios em gerenciar e alavancar as implantações de IoT: 47% disseram que suas organizações não têm habilidades suficientes para aproveitar ao máximo a tecnologia, enquanto 33% afirmaram que possuem apenas competências. Apenas 20% acreditam que suas empresas possuem todas as habilidades necessárias para a IoT.

Esta carência tem levado 43% das companhias a buscar parceiros externos para ajudar no desenvolvimento e implantação da tecnologia com todas as possibilidade de uso, ou pelo menos parte das funcionalidade, em 31% das empresas.

Cada um dos setores estudados tem suas preocupações, motivações e objetivos específicos com IoT. Por exemplo: as empresas de mineração classificaram as “habilidades de segurança” como os principais benefícios, já as de transporte, “mais saúde e segurança em toda a organização”, seguido de maior produtividade no local de trabalho e melhores recursos de entrega de serviços.

Desafio de conectividade
Por outro lado, 49% dos entrevistados da indústria agrícola disseram que suas “iniciativas de  IoT são impulsionadas por desafios regulatórios”. O setor de energia cita a conectividade como maior desafio para a implantação (54%), com quase um quarto dos entrevistados (24%) reforçando que as questões de conectividade ameaçam desencaminhar suas iniciativas antes mesmo de começarem.

“Sem a conectividade para transferir os dados de IoT para o lugar certo para análise, é inútil a implementação”, conclui o relatório. “Um desafio comum para os setores pesquisados são suas operações afastadas – uma mina a céu aberto, uma plataforma de petróleo ou uma fazenda: todos enfrentam problemas para obter o nível de conectividade exigido”.

Isso quer dizer, que a conectividade é importante em qualquer lugar que se pense em  implantar Internet das Coisas, seja em uma selva remota ou em uma área metropolitana em expansão. A rede simplesmente tem que estar pronta para o trabalho. “Mesmo em áreas da cidade, as redes de transporte lutam com a confiabilidade da conectividade para maximizar o uso de soluções baseadas em IoT”, diz o relatório da pesquisa.

* Chris Nerney é escritor de tecnologia nas áreas de mobilidade, big data, data center e cloud computing.

Saiba mais:
Futuro: 4 vantagens do uso de robôs
Inteligência Artificial exige um novo perfil de CIO
CIO, você está preparado para a onda de IoT?

Imagem: Depositphotos

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.