IT Forum 365
IOBVD: Dashboards ajudam o CIO a traduzir métricas de TI em resultados de negócios

IOBVD: Dashboards ajudam o CIO a traduzir métricas de TI em resultados de negócios

O CIO tem o desafio crescente de integrar a TI ao negócio e uma arma que pode ser essencial nesse processo, segundo consultorias internacionais, são os os IOBVDs (Infrastructure and Operations Business Value Dashboards), painéis de controles que demonstram como os recursos de TI, Infraestrutura e Operações impactam o resultado financeiro das companhias.

Tipo específico de BVD (Business Value Dashboards, ou Painéis de Valor de Negócio), o IOBVD casa métricas de TI, com uso restrito ao departamento de tecnologia, a informações que impactam o negócio de forma direta. Como seu nome adianta, trata-se de um tipo de software com interface clara e de fácil leitura, atualizada em tempo real. “Ele mostra o quanto de receita foi perdida pelo fato de um servidor estar fora do ar há dez minutos”, exemplifica Courtnay Guimarães, diretor de tecnologia para mercados de capitais da Hewlett Packard Enterprise.

Algumas conversões adicionais são o número de tíquetes resolvidos de help desk (TI) em efeito do suporte na retenção de clientes (negócio); total de acordos de nível de serviço cumpridos (TI) em efeito na produtividade (negócio). Paralelos como esse ajudam departamentos e estratégia a atingirem um entendimento comum. “O dashboard passa a ser o tradutor universal da empresa”, define Guimarães.

A comunicação se reflete diretamente na rotina da companhia. “Quando o profissional de TI percebe que desligar o servidor ou acionar a manutenção vai diminuir o faturamento, por exemplo, começa a ter mais critério sobre o que está fazendo”, argumenta. Já os colaboradores de negócio entendem o impacto direto dessas decisões em suas áreas e como são afetados pelos gargalos de tecnologia. “Eles podem cobrar do CFO ‘Olha, se aquele servidor não for modernizado, não vou conseguir fazer minha promoção’”, acrescenta.

Em companhias com alto grau de maturidade, em que TI já é parte do negócio, é possível integrar o dashboard com analytics e ferramentas de predição. Em uma grande varejista, por exemplo, com picos de custo de TI no Dia das Mães e Natal, fica mais fácil entender quais serão as demandas de tecnologia e planejar o melhor uso com base em variáveis como capacidade de processamento e vida útil dos equipamentos. “Nesse estado, sabe-se: se o servidor ficar fora do ar nos próximos 30 minutos, vamos perder tanto”, explica.

Esta é a primeira parte do especial sobre IOBVD. A próxima vai contemplar como o CIO pode criar um plano de ação para implementá-lo no negócio.

Saiba mais

Economia das Ideias #1: tempo de implantação de projetos é reduzido a quase zero

Infraestrutura Combinável permite arquitetura totalmente escalável; entenda

Shadow IT #1: Gastos da sombra geram serviços desintegrados e brechas de segurança

CIO deve encabeçar jornada que alia tradição e inovação

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.